Dom Rubens Sevilha, Ocd toma posse como novo Bispo da Diocese de Bauru


Data da Postagem: 25 de Maio de 2018

A cerimonia aconteceu no ultimo domingo e contou com a presença de mais de duas mil pessoas 

No ultimo domingo, dia 20, domingo de Pentecostes e festa do padroeiro da Diocese, o povo de Deus acolheu o novo bispo na cerimonia de posse que aconteceu na Catedral do Divino Espirito Santo Às 15h.  .

Logo após uma coletiva de imprensa, juntamente com Dom Caetano Ferrari, Ofm, bispo emérito, saiu em procissão do Colégio São Jose rumo à escadaria da Catedral para a cerimônia Civil, onde a Banda Marcial Municipal de Bauru iniciou a cerimônia executando o Hino Nacional Brasileiro e o Hino do Vaticano, logo após, o prefeito da cidade, Clodoaldo Gazetta deu as boas vindas ao novo bispo: “Que a prefeitura de Bauru, a população bauruense e a igreja católica possam juntos, ajudar no crescimento de nossa cidade”, enfatizou Gazetta.

Após este momento, Dom Rubens beijou a cruz carregada pelo Pe. Marcos Pavan, pároco da Catedral do Divino Espirito Santo e adentrou na igreja, aspergindo a si mesmo e a comunidade que estava presente na nave da igreja. Dirigindo-se a capela do Santíssimo, rezou por alguns instantes e logo após, deu-se início a santa missa de posse.

Com a presença de todo o clero, religiosos, autoridades civis e familiares de Dom Rubens, Dom Mauricio Grotto de Camargo, Arcebispo de Botucatu, iniciou a solenidade com a entrega do Báculo a Dom Rubens Sevilha, Ocd, que se torna oficialmente o 6º bispo da Diocese de Bauru. Pe. Gustavo Crepaldi, representante dos presbíteros, deu as boas vindas ao nosso bispo e colocou-se a disposição: “Nós padres estamos a sua disposição, reze por nós e nós rezaremos pelo senhor”. Dando continuidade a Santa Missa, Dom Rubens Sevilha, em sua homilia diz para os fies que pretende seguir os passos de Papa Francisco: “O meu plano de governo e uma igreja aberta, misericordiosa, simples e em saída”. E acrescentou: “Cuida do trigo e não perca a paz por causa do Joio”.

Ao final da Santa missa Dom Rubens Sevilha, Ocd, fez questão de saudar os fiéis que estavam do lado de fora da Catedral, onde foi montada uma estrutura coberta e com cadeiras e telões para que fosse acompanhada a missa. “Agradeço a todos pela presença, e saibam que já os amo e estou rezando por todos vocês”, ressaltou Dom Sevilha visivelmente emocionado. Logo após suas palavras, andou pela multidão, saudando todos, abençoando e fazendo registro com as pessoas.

Com informações PasCom da Diocese de Bauru