Qual o significado de quando ficamos em pé ou sentados durante a Missa?


Data da Postagem: 06 de Julho de 2019

Entender o sentido dos gestos, das palavras e do silêncio nos ajuda a aproveitar mais ainda as graças que Deus nos concede

Em sua coluna no jornal O São Paulo, da arquidiocese paulistana, o pe. Cido Pereira respondeu nesta semana:

Quem pergunta é a Josefa Ribeiro. Josefa, vamos lembrar primeiramente o significado das diferentes posições do corpo na liturgia.

Nós ficamos de pé numa atitude de respeito e prontidão. A posição indica que é preciso se colocar diante de Deus em oração e, ao mesmo tempo, em atitude de disponibilidade. Nós somos acolhidos pelo sacerdote, no início da missa, de pé.

Nós participamos da oração eucarística de pé, atentos ao que se passa no altar e ao que o sacerdote fala a Deus em nosso nome: “Eis-me aqui, Senhor, envia-me”. Ao mesmo tempo, eu escuto e me coloco à disposição.

Nós nos sentamos para ouvir e para meditar. Repare que, na missa, nós nos sentamos durante a liturgia da Palavra e no Ofertório. Na liturgia da Palavra, nós escutamos, sentados, o que Deus tem a nos dizer. E nós nos sentamos após fazer a nossa oferta, à espera que todos a façam.

Nós nos ajoelhamos em dois momentos na missa: na consagração, adorando o Cristo que se faz presente naquele momento no sacramento do altar, e também após a comunhão, para saborearmos a presença de Jesus em nós.

Viu que bonito, Josefa? Tudo na liturgia tem seu sentido profundo. Entender o sentido dos gestos, das palavras e do silêncio nos ajuda a aproveitar mais ainda as graças que Deus nos concede. Fique com Deus, irmã, e que Ele a abençoe!