PASCOM


PASTORAL DA COMUNICAÇÃO


                            A definição terminológica da palavra comunicação, do latim com-munus “aquilo que é compartilhado”, sugere a criação da comunhão, o estabelecimento de vínculos e a promoção do bem, do serviço e do diálogo na comunidade. O Diretório de comunicação da igreja no Brasil entende a Pastoral da Comunicação (PASCOM) como um processo envolto pela dinamicidade, interatividade, dialogicidade e multidirecionalidade.

                        A expressão “Pastoral da Comunicação” nasce da interação entre os termos comunicação e pastoral: esta, compreendida na dimensão socioeclesial, no sentido de pastorear o povo de Deus; e, aquela referente às distintas dimensões da realidade humana. A PASCOM está fundamentada nos documentos da Igreja, nas pesquisas na área da comunicação e nas vivências comunicativas dos grupos e comunidades. A pastoral sustenta-se em quatro eixos: a formação, a articulação, a produção e a espiritualidade.

                A PASCOM é a doação que promove o encontro e a comunhão. De forma criativa, esta pastoral desempenha a ação evangelizadora (comunicar a Boa Nova, a fé e a Partilha da Palavra) como prática de comunicação. Dentre as virtudes do comunicador cristão destaca-se a firmeza na fé, a mansidão, a humildade e caridade. É válido lembrarmos que o amor é o fundamento da comunicação cristã: Cristo, comunicador perfeito, é a autocomunicação do projeto de amor de Deus pelos humanos. Dessa forma, Deus revela-se na comunicação dos valores do Reino e no cuidado de si e do próximo.


Coordenadora: Laise Adriane Hegeto

Vice-coordenador: Diego Conchon